domingo, 8 de março de 2009

... palavras de uma Mulher de Mafra

Acontecer

Aproveitando a nesga do silêncio
sentamo-nos no prado verde-luz
e varremos o céu com os olhos de água.
No entrelaçar dos dedos magoados,
aprisionamos desejos de regressos.
Ofertamos os ombros à neblina
o gosto de gengibre pela boca.

Por vezes acontece um fim de tarde assim-
a sombra do salgueiro a afagar-nos a nuca,
o sono de menino a embalar-nos o colo.

Tão breve, tão breve este sangrar do dia.

Licínia Quitério
«De Pé sobre o Silêncio»

9 comentários:

rosilene fontes disse...

Lindo, lindo!
beijinho*

Teresa David disse...

GOSTO BASTANTE DA POESIA DA LICINIA E FIQUEI CONTENTE DE A ENCONTRAR POR AQUI.
ABRAÇO
TD

Um Poema disse...

....

Muito bem escolhido.

Um abraço

Vieira Calado disse...

Achei muito bonito!

E, por mera coincidência, jantei qualquer coisa de arroz...
com muito gengibre!

Como as coisas são!...


Bjs

Licínia Quitério disse...

Uma surpresa agradável.

Muito obrigada, vizinha.

U beijinho.

Elsa Martinho disse...

Ainda bem que todos gostaram. Todo o livro é fantástico...

Licínia, foi um prazer para mim.

Beijinhos*

rosilene fontes disse...

Elsa, eu não conheço esta poeta. Qual o nome do livro? Vou procurar, gostei muito.
beijinho*

rosilene fontes disse...

Elsa, eu não conheço esta poeta. Qual o nome do livro? Vou procurar, gostei muito.
beijinho*

Elsa Martinho disse...

Rosilene,
a autora deste poema é Licínia Quitério. Ela tem um blogue que está na minha lista "O Sítio do Poema" lá podes encontrar mais escritos muito bonitos, assim como informação sobre este livro: De Pé sobre o Silêncio".

Beijinho*